segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Deus não quer pessoas perfeitas


Ao som de “Casa do Pai”, Thalles Roberto


Somos alfabetizados ainda crianças, onde o mundo do conhecimento passa a fazer parte de nosso cotidiano. Podemos continuar aprendendo até o fim da vida, basta que tenhamos essa disposição e procuremos os locais adequados para cada espécie de aprendizado – colégios, universidades, cursinhos, etc. Na esfera espiritual, igreja seria o local indicado para aprendermos mais de Deus, mas a cada dia vemos um número maior de pessoas que não querem frequentar igrejas. Uma pesquisa no EUA trouxe a informação que os lugares onde as pessoas menos querem estar são: No dentista, no departamento de trânsito e em primeiro lugar? Na Igreja, por ser ela chata, preconceituosa e hipócrita. Aqui no Brasil, foi criada pelo IBGE no último censo, a categoria “evangélico não praticante”. O que está errado nisso? Essa noite o Pr. Alan (ADMEP) pregou sobre o momento que nos escondemos de Deus. Buscamos a caverna mais próxima na tentativa de esconder de Deus nossos erros, fraquezas, fracassos e dúvidas. Mas Deus não está interessado em pessoas perfeitas! Ele busca pessoas que tenham coragem de assumir suas falhas e busquem nEle a correta maneira de agir. Jesus abominava os acusadores hipócritas: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniquidade. Fariseu cego! Limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo” (Mateus 23.25,26) A única razão para que eu não seja consumida pelo mal que habita em mim, é a misericórdia do Senhor, o amor infinito dEle. Perdi as contas de quantas vezes me escondi do olhar de amor que o Pai lança sobre mim. Me escondia, pois, tinha vergonha de tê-lo decepcionado mais uma vez. Quantas vezes deixei de ir à igreja, pois não me sentia digna de estar na casa dEle. Assim como o doente busca o hospital para ser tratado, quero encontrar na igreja o local para aparar minhas arestas, para ser tratada em minhas fraquezas. Lá é o local para que eu seja aperfeiçoada, sabendo que jamais serei perfeita e não posso buscar, nem esperar tal coisa. Assim como Davi se escondeu, mas o Senhor o chamou (1º Samuel 22.1 -5), Ele também me chama para sair do lugar forte, e ir para o lugar em que ELE irá me fortalecer, cuidar das minhas fraquezas e me transformar em que preciso ser.

9 comentários:

  1. Ouvi esse ditado uma vez: "No dia em que você encontrar uma igreja perfeita. Não entre para ela pois, nesse momento, ela deixaria de ser."

    ResponderExcluir
  2. Ontem, passei o dia inteiro ouvindo Stênio Március,
    um homem de Deus poeta e não músico porém que põe melodia aos seus versos.
    Como uma amante inrreversível da poesia jamais poderia deixar de comentar sobre ele e suas composições apaixonadas feitas pra Deus. E sua declaração: "Sou apenas um pecador salvo pela Graça de Deus!"

    E em uma das suas poesias-cantadas chamada "O tapeceiro" encontrei uma ilustração perfeita sobre o que somos e como as vezes nos vemos.
    Deus nosso tapeceiro conhece nosso fim e nosso começo, nós sempre nos vemos do lado do avesso e nada parece fazer sentido, vemos as cores turvas e escuras e jamais pensaríamos que dali sairia uma obra de arte.
    Porém, nem juízes desta arte somos muito menos o artista, a beleza se declarará no fim, pois o tapeceiro sempre sabe, o fim e começo sem nunca jamais perder o fio.

    Sejamos seus tapetes da maneira que ele quiser que sejamos tecidos.

    ResponderExcluir
  3. Irmã Ana,
    A Paz do Senhor.
    Acabei de ler seu comentário e fico muito contente em saber do alcance da palavra de Deus.
    Quando pregamos não temos idéia de como a mensagem chega à mente do ouvinte, porém sabemos que Ela chega.
    Que Deus te abençoe e que toods que oiuvirwam a pregação possam tb entender que precisamos sair dessa Caverna ( Jesus/Igreja) melhores e prontos para a batalha que nos aguarda.
    Grande abraço.

    Pr. Alan Dias.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Ana,
    Interessante a pesquisa nos EUA, reflete uma insatisfação cada vez maior das pessoas com o faça o que eu mando, mas não faça o que faço. Entendo como positivo, a partir das indagações poderemos mudar para melhor, admitir nossos erros e imperfeições e seguir avante. A pregação do domingo disse tudo e você completou, temos que nos rasgar diante de Deus admitindo nossos erros, porque se a igreja é hipócrita e preconceituosa na verdade somos assim, sabendo de antemão que nós representamos a igreja então....
    Ana Dalva

    ResponderExcluir
  5. Que linda mensagem nos passas Ana com essas palavras. beijos praianos,chica

    ResponderExcluir
  6. Concordo com o nosso pastor, existem pessoas que se acham uns verdadeiros santos, querem ser tão separados e acabam se separando até dos demais irmãos. Eu estava conversando com meus pais sobre isto, há uns dias, e acredito que esses que se acham os tais, na verdade querem esconder alguma fraqueza, e quando não suportam mais esconder, acabam indo de vez para o outro lado, pois se fossem tão santos como parecem, não estariam mais na igreja, e sim, no céu. Por outro lado, me preocupa os que não sentem a vontade de melhorar, até reconhecem que são doentes, mas preferem continuar assim e não aceitam ajuda. No hospital, chegamos doentes, mas a cada dia, com a medicação certa, vamos melhorando até obtermos a alta e irmos para casa. Na vida do crente, não é diferente, temos sim que reconhecermos que não somos santos, mas a cada dia procurarmos a santificação, até chegar o dia de recebermos alta e irmos para o nosso Lar Celestial. Acho que tudo tem que ter equilíbrio, não pode nem tão santo e nem querer continuar doente. Vamos seguindo, nos sarando a cada dia! Bjs

    Josy

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana!!! Também estava com saudades! Amei seu texto, é tão automático se esconder de Deus quando não estamos sendo aquilo que Deus quer que sejamos, mas é tão aliviante voltar-se para os pés de Jesus e lá deixar o fardo de sermos imperfeitos!
    Como é maravilhosa a graça do Senhor!
    É claro que eu aceito encomendas amiga, se você quiser posso te manda um email com os tecidos e modelos!
    Beijinho amiga!

    ResponderExcluir
  8. Ana
    muito bonito o teu texto,tocante,porém divirjo no fato de a casa de Deus seja igrejas e afins,para mim é dentro de nós mesmos.
    Acredito que todo lugar sagrado,assim como as igrejas são lugares que me trazem paz,principalmente as igrejas católicas onde fui criada e batizada, mas a instituição em si e seus representantes como padres e pastor e etc...não me agregam nada. Talvez por isto com o passar dos anos fui buscar outros caminhos e me sinto bem hoje em acreditar que a fé e Deus encontram-se dentro de nós, acima de tudo.
    Bjos minha Amiga!
    Bom domingo!!!

    ResponderExcluir
  9. A Paz do Senhor...
    Que belo texto...lindíssimo...

    Aprendi que não existe igreja perfeita, e ese existisse ela deixaria de ser uando entrassemos nela..mas o que existe é o DEUS perfeito que nós servimos...

    O ser humano é falho...e nós somos templo do Espirito Santo...não somos perfeitos... se atingirmos o status de varão perfeito pq entao estariamos na terra?

    ótimo texto que Deus a abençoe... Posso compartilhar esse texto em nosso blog? claro com as devidas referencias...

    Abraço fique na Paz....!!!

    Att.:
    William de Souza

    ResponderExcluir