Imutável

Hoje durante o culto pela manhã foi ministrado o louvor ‘Rocha Fiel’ e fiquei pensando em um dos adjetivos usados pra Deus: imutável. Nós podemos mudar, vacilar os olhos, desistir de algumas coisas que julgamos importantes, mas Ele não muda. Ontem um dos meus últimos pensamentos antes de dormir foi o de quão incrédulos, reticentes e infiéis nos tornamos diante de algumas circunstancias. Não conseguimos alcançar o agir de Deus naquele momento edeixamos de ter esperança e principalmente: deixamos de confiar que o domínio e o poder estão nas mãos dEle. Quando fazemos isso, quando deixamos de confiar, deixamos de perceber o quanto Ele cuida de nós, o quanto se importa com nossos problemas, sonhos, projetos.


Senhor, muito obrigada por ser imutável! Obrigada por me reponder com sua fidelidade logo depois de desabafar que havia sido roubada em minha alegria. (o desabafo de ontem foi por conta da minha vida ministerial, mas isso é uma loooonnngaaa história, demais até para o blog!)

'Amo a ti, oh, meu Senhor, o “Grande Eu Sou”
Rocha firme, inabalável, seguro sempre estou
Meu coração se alegra em ti, em teu poder
E quando tudo escuro está, a tua luz posso ver
Quero estar e edificar o meu coração
No seguro e imutável rochedo fiel
Fortaleza da minha vida,
Consolo e minha fé
Onde sempre buscarei
E encontrarei o melhor
Posso confiar, na rocha estarei Em ti quero habitar, ajuda-me, Senhor
Em lutas e problemas, a rocha vai jorrar
Em vales e desertos, Cristo sempre esta
Vencerei, vencerás,
Venceremos em Cristo Jesus.'

Rocha Fiel - IB Nova Jerusalém



Divagações

Como se não bastasse todos os puxões de orelha e lições que a vida já me deu,eu continuo com essa mania urgente de me ultrapassar. De não conter sentidos, sentimentos, gritos, lamentos...de não me conter! Essa coisa de procurar 'sarna pra se coçar',
De querer encontrar razões, de gastar a emoção, expressar, me arriscar, pagar pra ver. De não aceitar nada mediano, de me poupar de desistências e não economizar "porquês". De imaginar, acreditar, questionar, sonhar, idealizar, e de querer mais, muito, tudo, sempre e pra sempre.... E não me arrepender!
Eu não sei viver no cinza, artigo indefinido não me satisfaz, o talvez nunca me serviu, conforme for não me basta! Sei que corro muitos riscos sendo assim, mas também me economizo... me poupo de dores futuras. Sou capaz de esperar pelo tempo que for necessário, mas não hoje, não estou cabendo em mim ...

Amor pra recomeçar

Saramago disse uma vez que “existem coisas que as palavras jamais serão capazes de explicar”, eu considero entre estas tantas coisas, o momento que presenciei ontem pela manhã – o casamento do meu melhor amigo. Foi ótimo ver a felicidade deles, o carinho com que se tratavam, a cumplicidade nos olhares...  Inspirada em tudo o que observei e ouvi, eu dedico algumas palavras, não só ao casal, mas a todo ser que ama, que deseja ser amado e viver ao lado deste alguém.

Não tem como evitar, todo mundo tem um conselho sobre relacionamentos, inclusive eu. Mas acho que eu tenho crédito com você pra poder falar um pouco sobre o assunto, não é? Então... Permita-se um pouco de idiotice ao lado dela, não dá pra viver ao lado de alguém mal humorado.Crie cenas dignas de novela mexicana, seja romântico, principalmente quando ela não espera. É fácil demonstrar amor e romance em datas como aniversários, dia dos namorados, ela vai esperar por isso, mas terá valor imensamente maior, quando você surpreendê-la. Ela é independente, bem sucedida e não precisa que você, na necessidade de auto-afirmação masculina, sacrifique o tempo em família por alguns trocados. Antes de ser por inteiro dela, seja fiel a você. Ela comprou o pacote que já provou e conhece, não tente mudar agora que o contrato foi assinado. Como disse o pastor ontem, TPM existe, mas não pense que toda reclamação que ela fizer é por conta disso. Não se feche demais. Não seja uma ostra. Nós mulheres entendemos que os homens não conseguem verbalizar com a mesma facilidade que nós, mas também invista na comunicação. Invista nisso – não gostamos de monólogos. Valorize a rotina. Ela pode não ser tão cruel como pintam, depende de como você irá usá-la a seu favor. Seja grato pela rotina de dormir todas as noites ao lado da mulher que ama, de beijá-la com paixão, de ir até o quarto do Léo e perceber que ele dorme em segurança, de ter emprego, família, amigos. Não limite sua vida com rótulos. Seja mais que marido - seja amante, companheiro, amigo, sacerdote, seja ilimitado. Você é uma coleção de histórias, fatos, memórias, sucessos e fracassos, não use o que já viveu como desculpa para não ousar; seja ousado em suas tentativas de ser e de fazê-la feliz. Morra por ela (amor sacrificial, lembra?) e deixe que ela saiba disso, mas, sobretudo, viva por vocês (família) e não deixe que ela se esqueça disso jamais!

De resto, eu só posso deixar a música/poema que por tantas vezes foi tema de nossas conversas, faz parte da nossa amizade:

“Eu te desejo não parar tão cedo, pois toda idade tem prazer e medo.E com os que erram feio e bastante que você consiga ser tolerante. Quando você ficar triste que seja por um dia e não o ano inteiro. E que você descubra que rir é bom, mas que rir de tudo é desespero. Desejo que você tenha a quem amar e quando estiver bem cansado ainda, exista amor pra recomeçar. Eu te desejo muitos amigos, mas, que em um você possa confiar [...]Eu desejo que você ganhe dinheiro, pois é preciso viver também. E que você diga a ele pelo menos uma vez, quem é mesmo o dono de quem [...] Desejo que você tenha a quem amar e quando estiver bem cansado ainda, exista amor pra recomeçar."

Eu preciso dizer....

 “Quando o tempo é curto, o que interessa é estar atento aos pequenos prazeres, como ouvir um sabiá que me acordou esta manhã e aproveitar com toda a intensidade a companhia das pessoas queridas.” Dráuzio Varella – livro Por um fio (relata casos de pacientes que lutam contra o câncer)
A  maioria de nós não luta contra um câncer, mas, por que esquece que o tempo TAMBÉM é curto e não valoriza as pessoas como realmente elas precisam ser valorizadas? Por que a gente deixa de dizer o que realmente sente, pensa, quer?  O que você faz pra mostrar o quanto alguém é importante ? 

Feliz daqui pra frente!

Sabem aquela história que mau humor é contagioso? É VERDADE !!!
Como eu queria que a felicidade também fosse assim ... Para a maior parte das pessoas só a tristeza, o mau humor, a murmuração, os maus sentimentos são contagiosos. É mais fácil que as pessoas atentem para um post com o assunto "triste" do que um que seja felicidade...
Vou contar uma rápida historinha:

"Eu era triste que dava dó, meu paletó listrado era de uma listra só" (ta bom, eu adaptei a musiquinha porque eu nunca fui magra desse jeito... kkk). Eu andava numa fase bbeeemmm complicada, andava suspirando, chorando, reclamando, buscando culpados (e sempre achava) pra minha tristeza e infelicidade! Até que eu resolvi fazer alguma coisa. Não sei se fiz o certo, só vou saber mesmo no fim da vida, quando olhar pra traz e ver que não tinha outro jeito, mas dei um bico em tudo o que me deixava mal. LITERALMENTE PEGUEI O TRECHO ABAIXO de um texto atribuído a Chaplin e comecei a viver:

"Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável… Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo. Hoje sei que se chama… Amor-próprio."

MUDEI! Mudei a minha vida por completo deixando antigos hábitos de lado, rompi com algumas pessoas, decidi verdadeiramente me amar; seja com os quilos a mais ou não, não importa - eu tenho que me amar. E principalmente: decidi que ninguém, NINGUÉM NUNCA MAIS irá despejar sobre mim suas amarguras e frustrações. Não sou caçamba de lixo, muito menos de lixo emocional!!! "Suportai-vos uns aos outros... chorar com os que choram..." Ótimo, estaremos juntos nessas horas também, mas chega de me fazer como antiinflamatório para suas dores!!!

Certa vez uma amiga me perguntou o seguinte: você precisa de quem pra ser feliz? E eu fiquei com essa pergunta ecoando na cabeça por muuiiito tempo... (ela me perguntou isso em maio de 2009!) Até perceber que eu preciso de mim! As outras pessoas vão adornar esta felicidade. Amor, filhos, cachorro, talvez... Mas eu sou indispensável e necessária! EU sou a minha maior conquista! (e minha prioridade!)

Quem quiser desabafar, precisar de ajuda, quiser ligar às 2h da manhã querendo orar, chorar, rir, dividir um brigadeiro, no problems, mas tenha certeza de uma coisa: eu não carrego mais o peso de suas dores, ok? Cada um que leve o seu! Não tire as minhas energias, não sugue a minha felicidade, não transfira pra mim as suas frustrações. Estou eliminando as minhas e já acho suficiente!! Quer alguém pra transferir seus problemas? Compre um pendrive!! kkk

Pensando assim, hoje eu consigo me alegrar mais que verdadeiramente, consigo exultar, com a felicidade de quem eu amo e me dedicar ao mais perfeito amor que poderia experimentar: o amor próprio! É desse jeito, essa nova Ana Lúcia (Ana Santos)  não está preocupada em agradar a ninguém... ela não vai aceitar as cargas alheias!!!

Bússola dos sonhos

Vocês assistiram Fantástico ontem? Uma matéria me chamou atenção em meio a tantas coisas sobre a pátria de chuteiras, Kaká expulso, Brasil x Costa do Marfim, patadas do Dunga no jornalista da Globo e blá blá blá o mundo acaba e o que importa é a Copa!

O que me chamou atenção foi a reportagem sobre alguns adolescentes, 10 anos atrás fizeram a cápsula do tempo, e hoje jovens com suas vidas encaminhadas e destinos traçados, era hora de ver o que realmente aconteceu, quais objetivos foram realmente alcançados, os sonhos realizados. A triste constatação é que a maioria não conquistou nada do que havia sonhado anos atrás.

Não tem muito tempo, o Luca me disse que não importa se a vida nos leva por outras estradas, nos faz ter outros sonhos, importa é sonhar, e ser feliz com os novos sonhos. Eu me pergunto se com 16, 17 anos somos realmente capazes de sonhar ou são apenas delírios de adolescência. Se não sonhamos com esta idade, quando sonhamos ? E por que  nos afastamos dos nossos sonhos - sejam eles aos de 16 ou 26 anos? Onde guardamos a bússola que direciona nossos sonhos e planos?


21/06/10 - 21:47h

"Síndrome de Felícia"




"Eu vou te amar, abraçar e apertar até ficar em pedacinhos" 

Quem não dá assistência, abre concorrência




“Você homem da atualidade, vem se surpreendendo diuturnamente com o “nível” intelectual, cultural e, principalmente, “liberal” de sua mulher, namorada e etc.
Às vezes sequer sabe como agir, e lá no fundinho tem aquele medo de ser traído – ou nos termos usuais: “corneado”. Saiba de uma coisa… esse risco é iminente, a probabilidade disso acontecer é muito grande, e só cabe a você, e a ninguém mais evitar que isso aconteça ou, então, assumir seu “chifre” em alto e bom som.
Você deve estar perguntando porque eu gastaria meu precioso tempo falando sobre isso. Entretanto, a aflição masculina diante da traição vem me chamando a atenção já há tempos.
Mas o que seria uma “mulher moderna”?
Em princípio seria aquela que se ama acima de tudo, que não perde (e nem tem) tempo com/para futilidades, é aquela que trabalha porque acha que o trabalho engrandece, que é independente sentimentalmente dos outros, que é corajosa, companheira, confidente, amante…
É aquela que às vezes tem uma crise súbita de ciúmes mas que não tem vergonha nenhuma em admitir que está errada e correr pros seus braços…
É aquela que consegue ao mesmo tempo ser forte e meiga, desarrumada e linda…
Enfim, a mulher moderna é aquela que não tem medo de nada nem de ninguém, olha a vida de frente, fala o que pensa e o que sente, doa a quem doer…
Assim, após um processo “investigatório” junto a essas “mulheres modernas” pude constatar o pior:
VOCÊ SERÁ (OU É???) “corno”, a menos que:
– Nunca deixe uma “mulher moderna” insegura. Antigamente elas choravam. Hoje, elas simplesmente traem, sem dó nem piedade.
– Não ache que ela tem poderes “adivinhatórios”. Ela tem de saber – da sua boca – o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.
– Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol…) mais do que duas vezes por semana, três vezes então é assinar atestado de “chifrudo”. As “mulheres modernas” dificilmente andam implicando com isso, entretanto elas são categoricamente “cheias de amor pra dar” e precisam da “presença masculina”. Se não for a sua meu amigo… bem…
– Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex bom de cama é grandessíssimo.
– Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la. As “mulheres modernas” têm um pique absurdo com relação ao sexo e, principalmente dos 20 aos 38 anos, elas pensam em – e querem – fazer sexo todos os dias (pasmem, mas é a pura verdade)…bom, nem precisa dizer que se não for com você…
– Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso. Garanhões mau (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????
Nem pense em provocar “ciuminhos” vãos. Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.
– Em hipótese alguma deixe-a desconfiar do fato de você estar saindo com outra. Essa mera suposição da parte delas dá ensejo ao um “chifre” tão estrondoso que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém MUITO MAIS “comedor” do que você…só que o prato principal, bem…dessa vez é a SUA mulher.
Sabe aquele bonitão que, você sabe, sairia com a sua mulher a qualquer hora. Bem… de repente a recíproca também pode ser verdadeira. Basta ela, só por um segundo, achar que você merece…Quando você reparar… já foi.
– Tente estar menos “cansado”. A “mulher moderna” também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para – como diziam os homens de antigamente – “dar uma”, para depois, virar pro lado e simplesmente dormir.
– Volte a fazer coisas do começo da relação. Se quando começaram a sair viviam se cruzando em “baladas”, “se pegando” em lugares inusitados, trocavam e-mails ou telefonemas picantes, a chance dela gostar disso é muito grande, e a de sentir falta disso então é imensa. A “mulher moderna” não pode sentir falta dessas coisas…senão…
Bem amigos, aplica-se, finalmente, o tão famoso jargão “quem não dá assistência, abre concorrência”.
Deste modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem antes de dar alguma dessas “mancadas”… proteja-a, ame-a, e, principalmente, faça-a saber disso.
Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele “bonitão” que vive enchendo-a de olhares… e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você!”

 Arnaldo Jabor

Indiferença

'Nunca sabemos ao certo quando deixamos de ser importantes. 
É triste perceber que quem tanto me importa não olha por mim, apenas me vê. Não altera em nada sua lista de prioridades quando preciso de socorro, atenção. Apenas (depois, sempre depois) desculpa-se. Diz que as coisas estão complicadas. Está constantemente ocupado, atrapalhado. Sempre se sai com ótimos motivos para não ter ido, feito, acompanhado. Conhece meus gostos, minhas neuras, o porquê do riso rasgado. Sabe o número do meu telefone, onde vivo, mas mora num outro universo, do qual não tenho o endereço, nem pertenço: é péssimo notar que sou pouco para quem é muito pra mim(...)'

Falam de tudo...


Ah, se todos pudessem entender...!!

"Da moral, do comportamento, dos sentimentos, das reações, dos medos, das imperfeições, dos erros, das criancices, ranzinzisses, chatices, mesmices, grandezas, feitos, espantos....
Sobretudo falam do comportamento e falam porque supõem saber...
Mas não sabem, porque jamais foram capazes de sentir como o outro sente... Se sentissem não falariam!"

Nelson Rodrigues


Feliz Aniversário, Dani!


Hoje fiquei mais feliz ao lembrar do seu aniversário. É momento de agradecer a Deus ... por mais um ano de vida que Ele te concede e também agradecê-lo por você ser tão querida, especial, divertida, carinhosa, bem humorada, e a minha companhia certa de tantas viagens insones (rs*), e só espero que seus sonhos (aqueles que o Senhor colocou no seu coraçãozinho) marquem uma presença no calendário dizendo assim: "nos espere no dia tal, exatamente as tantas horas, pois ali nos tornaremos realidade", porque isso, é tudo o que você merece!


Parabéns !!!

A hora da verdade

Então chegou a hora definitiva. Nossa conversa em branco e preto.

Não dá pra esperar ser feliz quando os problemas arrumarem as malas e forem embora. Eles não irão fazer isso! Está na hora de colocá-los no devido lugar e criar um jeito de feliz já, porque a vida não espera acontecer, é agora, é já, foi ontem e acontece neste instante!
Não aceite a mediocridade e desgaste de um emprego que te faz infeliz. Você é capaz de muito mais!
Estabeleça o que é importante e o que é prioridade na sua vida. (Quer entender o que é prioridade? Pense que precisa ir ao banheiro por que está com dor de barriga. Todo o resto pode até ser importante, mas naquele momento, NADA terá mais valor que usar o banheiro! Entendeu agora?)
Ganhar dinheiro é bom, mas não sacrifique amor, família e saúde por isso. Diga quem manda em quem. Uma vez que o dinheiro diga que é prioridade em sua vida, ele irá tirar a importância de muitas outras coisas.
Buenos Aires, Paraty, Teresópolis, Miguel Pereira, Trancoso...  Viajar é preciso!
É claro que eu serei mais feliz quando couber naquele 'vestidoazulmaravilhoso', mas ainda que esteja longe disso, eu quero que perceba a palavra MAIS no começo da frase, porque hoje eu sou feliz, e daqui um tempo eu serei mais feliz! Hoje, o que você é?
Perceba que você é responsável pelas escolhas que faz todo o tempo! Esteja preparado para o aplauso e para a vaia, mas saiba que é tudo entre você e Deus. 


Uma mulher de 30

Poderia ser um dia como tantos outros, uma sexta como tantas outras, mas hoje é aniversário de uma pessoinha bastante querida. Uma pessoa que eu adoro fazer rir, que me acompanha no coro do "uuuiiiii", que não me entende na maioria das vezes, mas ainda assim está sempre me ouvindo, me confortando e me fazendo rir.

Honoré de Balzac idealizou a mulher entre 30 e 40 anos, como sendo o marco maior da feminilidade, a representação da supremacia da mulher, onde ela atinge o ápice do determinismo feminino, o cume da presença feminina. Enfim, o apogeu de si própria, o supra-sumo da feminilidade, o equinócio hormonal entre beleza, vivência e independência. Então, que seja assim, Lanita! Que esta fase balsaquiana lhe traga experiencias que você tem buscado, que os seus sonhos se realizem, pois sei que você tem batalhado muito por eles! A segurança e a tranquilidade de ter escolhido o melhor caminho virão com o tempo... e este, tem lhe feito muito bem!
Parabéns!!

Cativar

"Eu não tenho necessidade de ti e tu não tens necessidade de mim.
Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo... Mas a raposa voltou a sua idéia:
- Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música.
E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento do trigo... " O Pequeno Príncipe

Você é capaz de dizer até onde foi cativado por alguém? Sabe dizer: até aqui você faz parte da minha vida, dali em diante não pode mais? Alguém consegue conter a água do mar quando ela arrebenta em onda no paredão do Arpoador? Assim são as pessoas que nos cativam. Não conseguimos limitar o que sentimos, não podemos determinar o dia, o horário em que se tornaram especiais; nem mesmo conseguimos separar a pessoa como um talher que se organiza por tamanhos; percebemos apenas que nunca mais nossas vidas serão as mesmas, sempre teremos na memória aquele(a) que se tornou especial.
Não sei, não me ensinaram na escola a limitar o espaço que alguém pode ocupar em minha vida. Não me ensinaram a ser menos intensa, menos colorida, menos Ana. E por não saber ser alguém diferente, sou sempre e intensamente, eu mesma e, digo que hoje sei o valor de ser cativado. A importância não está em quem cativou, mas sim em quem se permitiu ser cativado. Pois aqui estou eu, me imaginando no lugar mais lindo que meus olhos já puderam contemplar - o Pontal do Atalaia, em Arraial do Cabo, de braços abertos... Comemorando a alegria de saber que eu me permito ser cativada, me permito ter olhos esperançosos, me permito sorrir...

Porque eu mereço!

Eu sou responsável pela minha felicidade! Sou responsável pelas minhas escolhas, e pelos meus sentimentos. Não tenho direito de culpar a ninguém pelo que eu escolho, pelo que sinto ou pela minha (in)felicidade. Só que não foi fácil chegar a esta conclusão. É mais fácil quando nós temos a quem culpar, a quem atribuir nossos fracassos e derrotas; apontar o dedo é melhor do que assumir as próprias falhas. Eu fiz isso - apontei erros, culpei, julguei.

Hoje, continuo com muitas perguntas, sei que algumas simplesmente não terão respostas, ficarão para sempre povoando o meu imaginário, mas aos poucos começo a entender o um poema de Mário Quintana: “Nesta vida temos três professores importantes: o 'Momento Feliz', o 'Momento Triste' e o 'Momento Difícil'. O 'Momento Feliz' mostra o que não precisamos mudar. O 'Momento Triste' mostra o que precisamos mudar. O 'Momento Difícil' mostra que somos capazes de superar." Esse momento difícil está passando, cada dia um pouco mais e já consigo aceitar, sem culpa, o meu sorriso, a vontade de ser feliz, de cantar, de mudar, de sonhar, de crer!

Estou consciente de tudo o que quero e não quero para minha vida! Consciente do que sou e do que jamais conseguirei ser, de quem eu quero por perto e do que eu não irei aceitar que se aproxime. Chega de dúvidas, sombras, aparências, mentiras, farsas. Quero a verdade, por mais difícil e sofrida que seja. Quero as noites enluaradas, as manhãs frias de inverno, a chuva na janela embalando meus sonhos, as madrugadas angustiantes do verão...  Quero amor, sorrisos, "liga", abraços, suspiros, contas, músicas, tapetes, pernas bambas, crises de domingo sendo administradas a qualquer hora do dia ou qualquer dia da semana! Não quero ser o antiinflamatório, não quero ser a bengala... No fim das contas, eu acabo parafraseando o slogan da Loreal: "porque eu mereço"! Mereço e quero ser feliz e assim  adornar a felicidade alheia; quero a vida enchendo de ar os meus pulmões, a prova de amor que tanto almejo... quero, mereço e espero!

Não me preocupo com o que você pensa!




A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando descobrimos que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos. 
Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fosse, é que a gente tá muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.
O que me seduz em Jesus é quando eu descubro que nele havia uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que era olhado reconhecer-se plenamente e olhar-se com sinceridade.
Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito. Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa [a não ser que sejam pessoas que me amam], porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim, mas do que Deus sabe ao meu respeito.

________________________
Texto de Pe. Fábio de Melo
 
Blog da Ana Santos Blog Design by Ipietoon