segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Ressentimento





Amigos, cônjuges, parceiros profissionais... Não importa o grau de envolvimento e a espécie de relacionamento, a maior parte de nós já experimentou a decepção e traição. Eu já experimentei a dor de ser traída e enganada diversas vezes. Recentemente passei por algumas decepções que me levaram ao chão. Aliás, se fosse apenas ao chão eu estaria bem... Fiquei amargurada, ranzinza, perdi tempo com sentimentos ruins. Preservei os envolvidos, apesar da minha imensa vontade de estampar as capas dos jornais com tudo o que eu sabia a respeito dessas pessoas (sou má! kkkk). Com o tempo, a mágoa foi passando, as dores e os prejuízos causados foram administrados, mas ainda faltava uma coisa: precisava me sentir livre.
Ontem sai atrasada para o culto da noite. Estava mega cansada e fiquei na cama enrolando, decidindo se iria ou não, e acabei saindo mais tarde do que deveria. Quando cheguei, o Ministério de Louvor estava cantando Me ama, do DT. Fiquei pensando numa frase desta canção: “não tenho tempo pra perder com ressentimentos quando penso que Ele me ama”
Durante todo o culto fiquei concentrada naquele trecho, pois sabia que Deus estava me ensinando mais uma vez, repetindo uma lição que eu insistia em não aprender. Ressentir é tornar a sentir; sentir de novo; sentir muito. (Amigo Houaiss está aí pra isso, gente!) Pra que guardar ou tornar a sentir uma dor? Pra que sentir outra vez algo que não me edifica?  Por que me concentrar nessas dores se algo maior, que é o amor do Senhor por mim, estava ali todo o tempo para me confortar? Perder tempo guardando mágoas, ressentindo é deixar de viver o novo, é abandonar a alegria para se concentrar na tristeza. Ressentir é apego ao sofrimento, não aceitar a cura e admirar a ferida... Chegou meu tempo de ser verdadeiramente livre.

Tempo de deixar os ressentimentos e as mágoas para trás e avançar, tempo de crescer. Amadurecer e aprender a lição de verdade. As pessoas que me magoaram talvez nunca voltem atrás para reparar seus erros, e se voltarem, eu não estarei mais lá. Meu amadurecimento passa pela liberdade que o perdão me traz.  Quero ser livre disso e serei!

Um comentário: