domingo, 1 de setembro de 2013

Coração apertado

Todo mundo conhece essa sensação, né? Entende desse nó que aprisiona mais que qualquer cadeia. E o meu anda apertado, cheio, quase transbordando uma série de emoções, alegrias e perturbações. Mas ele vai batendo, dando o ritmo de muitas escolhas e continua guardando os tesouros mais preciosos e alguns dos medos que não ouso encarar neste momento. Nele também está guardado o desejo de que esta jornada aconteça mais calmamente, com janela aberta e vento nos cabelos. A vida anda acelerada demais e o tempo escapando entre os dedos. O jeito é seguir caminhando e acreditar que uma hora o coração desaperta e passa a bater mais suavemente. 

Um comentário:

  1. Todos temos momentos assim. Ainda bem que depois de um tempo ele volta ao normal. beijos,lindo setembro! chica

    ResponderExcluir