sábado, 8 de junho de 2013

(...)

Tem dias que eu acordo longe. Com vontade de reescrever o passado bom, mas com vontade de fazer coisas novas também. Nestes dias eu acordo livre: livre das obrigações e das convenções... Respiro fundo, sigo caminhando, sonhando acordada, porque na verdade, tudo não passa de sonho, daqueles que moram dentro da gente, pois aqui fora tudo continua igual...

Um comentário:

  1. E é bom sentir-se livre pra voar... beijos,lindo domingo!chica

    ResponderExcluir