sábado, 5 de novembro de 2011

Num dia daqueles...

... Em que eu vou ao limite de todas as emoções, do céu ao inferno num piscar de olhos, da calmaria a exaustão numa fração de segundos. Mas não dá pra ser diferente, não consigo! Em dias como hoje, não sossego enquanto não esgoto todas as possibilidades, as oportunidades, todas as lágrimas e alegrias das 24 horas a que tenho direito. Porque não importa se sentei e chorei no meio fio (SIM), se fui confortada por uma amiga chocólatra, ou se experimentei o gosto da cumplicidade, o que importa é que num dia desses, eu posso fechar os olhos antes de dormir e sonhar, para reviver todos os momentos que fizeram com que o tom cinza do ordinário e rotineiro, tomasse emprestado outras matizes, outras nuances. Mas o dia está acabando... Sendo assim, boa noite e boas vindas ao fim de semana!
Ah, e quanto amanhã? O amanhã que se resolva!

Um comentário:

  1. Adorei o comentário "amiga chocólatra"!!!! Adoro o seu jeitinho prático de resolver as coisas. Isso é um exemplo pra mim.
    O tempo é o tratamento ideal do Dr. Deus colocar as coisas no lugar.
    Bjoks

    ResponderExcluir