quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Dos vivos

“Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar.” Cora Coralina
Sem querer polemizar ou criar caso com quem pensa diferente, mas hoje não foi feriado de finados pra mim. Foi feriado sim, mas dos vivos. Dia em que me dediquei a agradecer a Deus pela minha vida e pela vida daqueles que são preciosos pra mim. Dia para rir, reencontrar, viver a afinidade de boas amizades. Dia de mexer nas memórias e também criar novas lembranças... Dia de viver o extraordinário num dia ordinário, como ontem e espero que seja como amanhã, sendo assim: feliz vida pra você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário