quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Sobre meu encontro com Roberto, emoções e futebol ...



Foi uma emoção ímpar estar no Gigante da Colina ontem. Primeira vez que estive no estádio do meu clube e foi excepcional! Ainda não tive filhos, não escrevi meus livros, nem mesmo plantei uma árvore, mas posso incluir naquela listinha do que fazer antes de morrer ir a um jogo do time para qual você torce. Como se fosse pouca a emoção, tive a alegria de ir a convite dele, do jogador que deu um novo sentido a camisa 10 do Vasco: Roberto Dinamite¹! Meu encontro com ele foi indescritível. Não consigo expressar o que senti na hora, pois cresci ouvindo da importância dele como jogador, de quanto os jogadores dos outros times o admiravam², e de repente eu estava ali trocando algumas poucas palavras com ele. Sim, foram poucas porque eu não tinha certeza se ainda estava falando nosso idioma, então preferi não arriscar no asnerês³. Homem de notável educação e gentileza. Cumprimentou a todos que o felicitavam pela reeleição, distribuiu autógrafos, tirou fotos, enfim, foi super atencioso.

E o jogo? Bem, o jogo foi sensacional! Senti falta apenas do Juninho Pernambucano em campo, mas estar lá e ver Diego Souza se superar e Dedé brincar de jogar futebol foi bom demais! Comentei com o Roger, jornalista do Blog Meu Caldeirão, do jornal O Globo e também da Revista Surfar, que não vi Neymar e Ganso na partida. Aliás, o garoto com corte de cabelo duvidoso só apareceu para fazer falta (único jeito que ele encontrou de parar o melhor zagueiro do Brasil, para quem perdeu mais de 10 bolas/jogadas), enquanto o menino-ave ficou completamente apagado. E o que foi Felipe batendo a falta que levou ao gol de Dedé? Sensacional! Enfim, a chuva não impediu que estádio ficasse lotado, o time não se intimidou e jogou com vontade, e o Caldeirão ferveu... Como diria o outro Roberto: “o importante é que emoções eu vivi...” Ah, eu vivi!!!
________________________
Crédito das imagens: Roger Ferreira
1 - Ganhei uma promoção organizada pelo Blog Meu Caldeirão. Confira aqui.
2- Até o astro-mor do rival Flamengo, Zico, vestiu a camisa Cruz-Maltina no jogo de despedida de Roberto Dinamite em 1993.
3 - Idioma oficial de Asneiralandia

6 comentários:

  1. Suas férias já começaram cheias de emoção!!! rs

    Bjs,
    Dani

    ResponderExcluir
  2. Querida Anita, admiradora da cruz pátea, como eu sou. Estive também em "São Janú" ontem - neste mister sou mais privilegiado que você porque fui incontáveis vezes e continuo apaixonado por aquele lugar - mas isto não diminui em nada a emoção que (sei) que você viveu.
    Cresci vendo o risonho Dinamite balançando as redes do Maracanã, balanço este acompanhado por sua cabeleira. Balançou tanto as redes dos adversários que detém a marca "impegável" de maior goleador do Brasileirão.
    Eu sou Vasco; minha mulher é Vasco (a propósito, nosso namoro foi arquitetado num jogo na Colina Histórica); meu filho é Vasco e minha filha também. Prince, o cachorro, o é por osmose lusitana!
    Tal qual você, ontem, também, tirei uma foto com o Bob Dinamite e me senti (e sou) um presenteado.
    O jogo - endossando suas palavras - passou de sensacional. Prass praticamente assistiu; Fagner, tal qual o xará cantor cearense, só acreditou no pulsar de suas veias; nossa zaga de Andersons, por um lado, Dedé, impecável; o Martins, seguro; Jumar, grata surpresa; Rômulo, consistente na contenção; Eduardo Costa, tranquilo; Diego Rosa, disposto; Felipe, o grande maestro (já é redundância!); Diego Souza, memorabilíssimo; Eder Luis, speed racer; Leandro, experiência; Alecsandro, prendendo zagueiros e Élton, mesmo sem tempo, tem crédito pelo que tem feito. Ricardo Gomes, estrategista: deu um nó no time do consagrado Muricy.
    Enfim, parabéns para nós pela oportunidade única de torcer por um time que já traz na camisa uma faixa de campeão. Casaca neles!
    Bjs.

    Elvis

    ResponderExcluir
  3. Uhuhuhu! dalhe Aninha! vasco nada o negocio é maninha!!!! Parabens nega so seria melho se fosse eu e do lado o Nilton Santos.

    ResponderExcluir
  4. Ana, fiquei muito feliz por você! Parabéns! Você merece... Escreve maravilhosamente bem! Te admiro pra caraca!!! A foto ficou ótima, quer dizer, só esta blusa que estragou né?!Rsrs...
    Bjs! Lili.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Aninha! Belíssima postagem! Não sou vascaína, mas adorei esse artigo e suas experiências com o Vasco e de seu encontro com Roberto Dinamite!! Muita emoção!!!Nada impede que as mulhers conheçam um pouco mais sobre futebol e seu time preferido. Estamos sempre antenadas com a moda, comportamentos, decoração de casa é sempre bom conhecer um pouco de outras áreas! Aproveite cada minuto de suas férias com encontros e expriêcias marcantes!! Essa, sem dúvida foi uma experiência indescritível para você!
    Parabéns!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Aninha!!!!!!!! Que maravilha..rs
    Para quem é vascaína é claro...
    Eu prefiro uma Estrela...
    Parabéns amiga, imagino como você tremeu...rs..
    Bjs

    ResponderExcluir