domingo, 12 de junho de 2011

Sobre "Dia dos Namorados", amores e recordações

Ontem passei rapidamente pelo Campo de São Bento, Niterói, e um casal de namorados pediu que tirasse algumas fotos deles. Não era qualquer casal, eram a Julinha e o Natan. Eu os vi crescendo diante dos meus olhos no pátio da minha antiga igreja, e hoje estão crescidos, fazendo cursinho e milhares de planos para o futuro. Disseram-me que esse será o primeiro “Dia dos Namorados” juntos e gostariam de ter uma fotografia dessa data, pois foram ‘apenas bons amigos' durante muito tempo. Conversamos um pouco, e prometeram enviar a melhor imagem para meu e-mail. Agora que chegou, fiquei com vontade de dizer muitas coisas sobre amor, recordações e datas, que perdi o sono e resolvi escrever.
Meu querido casal, o amor não precisa de datas ou fotos para ser lembrado. Amor verdadeiro não usa apenas a memória, quem ama não esquece, pois o coração funciona melhor que o calendário pendurado na parede. Quem ama não esquece o perfume, ainda que não saiba o nome da fragrância. Não esquece o sorriso, o gosto dos lábios, o calor do corpo, o som da gargalhada, o brilho do olhar. As juras de amor não são esquecidas, assim como trilhas sonoras e pratos favoritos. Promessas sussurradas jamais são apagadas.
O amor se sobrepõe aos clichês, aos romances bregas; limites, términos, distancias e incoerências. O amor nos leva por caminhos diferentes a cada dia, nos aproxima do que melhor podemos ser e nos desafia a ser mais do que simplesmente namorados – queremos ser almas que se completam, sem rótulos, sem definições, sem datas.
Jovens pombinhos tenham em mente que a fotografia tirada hoje deve fazer muito mais do lembrá-los do dia 12 de junho de 2011: ela deve ser a prova tangível do muito que os une, do amor que é celebrado todos os dias, sem presentes e surpresas, com flores ou não, balões cor de rosa ou diálogos em tons de cinza. Fazer dos 365 dias do ano dia dos namorados, dia daqueles que amam, daqueles que não esquecem quanto é bom amar...  
Feliz dia dos namorados, todos os dias!
_____________________________________
Pauta para 8ª Ed. Imagem do Projeto Suas Palavras

5 comentários:

  1. LInda e criativa tua história e participação.Adorei! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida
    Gostei de ter dito que o amor sobrepõe tantos e tantos comércios reinantes...
    Bjs festivos e de paz

    ResponderExcluir
  3. que lindo mesmo amiga.....
    Olha, tem recadinho para vc no meu blog, passa la depois, cheiro

    ResponderExcluir
  4. Isso mesmo! O Dia dos Namorados deve ser comemorado todos os dias e mesmo depois de casados viu?!
    Agora quanto à foto, eu acho bacana ter. Quando vemos as fotos depois de alguns anos, é super divertido e emocionante relembrar alguns fatos.
    Um beijo querida!

    ResponderExcluir