sexta-feira, 15 de abril de 2011

Feliz aniversário, amor!




Já existiram tantos outros 15 de abril e hoje é só mais um para muitos. As pessoas seguem para o trabalho imaginando a hora de ir embora; vejo crianças a caminho da escola; grávidas escolhendo enxovais, nomes, cores... A rotina de ninguém foi alterada, todos nós acordamos com 24 horas que serão ou não bem aproveitadas. Mas esta sexta-feira de outono, ainda que para a maioria das pessoas seja apenas mais uma sexta como tantas outras, eu celebro a vida do meu grande amor.

Ele que sabe exatamente como dramas mexicanos são parte da minha personalidade, assim como comédia “pastelão”. Ele que sabia o quanto eu desejava um companheiro para partilhar minha vida, alegrias e tristezas, sonhos e pesadelos e encarou o desafio... Tanta coisa se passou desde aquela conversa na beira da praia... Passamos por provações que nos fortaleceram, nos tornaram verdadeiramente “um”. Sempre que estamos juntos, quando me faz rir, me beija, me chama de chata, de branquinha, que cuida de mim, eu tenho certeza que jamais irei ficar sozinha outra vez, porque não importa o que aconteça, estaremos sempre juntos, unidos, crescendo com as diferenças, colorindo a vida um do outro.

Agradeço a Deus pela oportunidade de ser verdadeiramente amada. Não agradeço ao Senhor por ter um marido, mas por ter o Robson como meu marido, um homem íntegro, verdadeiro, apaixonado, sincero, companheiro, engraçado, dedicado ...Por esses e por todos os motivos que jamais poderiam ser descritos com total fidelidade aqui, eu digo: obrigada Senhor, por me permitir passar mais um ano ao lado dele!

Pego emprestada a música que cantou pra mim (num jantar com mais de 300 pessoas), para marcar este dia mais do que especial:

“É inesquecível para mim
Esse teu sorriso tão bonito
Tua voz tão doce aos meus ouvidos
Eu desejo ter por toda vida
Quando estou contigo eu sou tão feliz
Todo esse carinho me faz bem
Vou agradecer eternamente a Deus
Por ter me dado você
Quero te ter sempre comigo
Compartilhar os meus segredos
Posso tentar o impossível
Só pra mostrar o que eu sinto...”

2 comentários:

  1. Linda e carinhosa homenagem.Parabéns aos dois! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Ownnnnnnnnnnnn
    Que lindo! Eu não sabia que ele cantava essa é nova!
    Parabéns aos dois! (2)

    ResponderExcluir