quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Ter esperança

Diante do horror que temos visto nos noticiários, pelos colegas de trabalho e também pela internet, tomei uma decisão: não quero mais saber de nada! Não quero mais ouvir falar sobre carros queimados, tiroteios, violência ... nada do tipo! Quero trazer a memória o que me esperança.” (Lamentações 3:21).

Esse tem sido meu lema para diversas áreas da minha vida. Sempre tive excelente memória, o que me faz sofrer em alguns momentos, mas decidi não mais alimentar lembranças que me machucam. Quando elas surgem, logo começo a cantar, direciono o pensamento para outra coisa, evito totalmente a dor. Nem sempre é fácil, mas me esforço cada dia mais... Lembro do profeta Isaías pedindo ao Senhor que lhe avivasse a memória (Isaías 43:6a) e procuro fazer o mesmo.

Quanto aos ataques aqui no Rio, oro para que o Senhor guarde e livre a mim e aos meus queridos. Procuro ser prudente, mas não deixo de seguir minha rotina. Poupo meus ouvidos das notícias sensacionalistas e encho-me do que me edifica. Já tem muita gente dando IBOPE para desgraça.

#prontofalei!

Um comentário:

  1. Uma pena mesmo o que acontece por láq!Temos que nos preservar e procurar outras coisas pra ver .Mesmo sabendo delas, não podemos nos fixar no negativo, pois estamos cada vez mais atraindo.
    Se fixar na Paz é uma boa, com esperança! beijos,chica

    ResponderExcluir