terça-feira, 5 de outubro de 2010

Dilema

Descobri que nada posso fazer diante de determinadas situações. Colocar-me a disposição "para o que der e vier", não muda o sofrimento de quem amo, não apaga a dor vivida. E o que fazer diante disso?

Ontem passei algumas horas com pessoas muito queridas. Pessoas que estão passando por uma dor sem igual e me senti muito impotente, totalmente fraca, pois a única coisa que fui capaz de falar foi: "estou aqui, contem comigo". Por que eu sinto que ainda é pouco diante de tanta coisa que eu gostaria de fazer?
“Cada minuto que passa pode ser tudo que me resta, mas eu desperdiço como se ele fosse infinito.” (Desconheço autoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário