A cena de cinema se torna realidade


1º Lugar -  32ª Edição Palavras Mil

Filha, como você sabe desde que soube da minha gravidez, comecei a lhe escrever cartas, como uma espécie de diário de bordo sobre nossa vida juntas. Não tenho idéia de quantas cartas já foram escritas, mas novos acontecimentos nos aproximaram um pouco mais e precisava lhe contar.
Quinze dias atrás passei a trabalhar em casa, o que me possibilita mais tempo com você. Enquanto a vida segue lá fora, aqui em casa vejo uma cena de cinema se tornar realidade: hoje você descobriu a incrível magia de ser mulher. Calçou meus sapatos de festa, enrolou alguns cordões no pescoço e pintou o rosto com toda maquiagem que encontrou pela frente. Estava na cozinha quando me puxou pelo avental dizendo: “olha mamãe, sou você”. No momento em que a vi daquele jeito, comecei a rir, pois me lembrei de quando fiz o mesmo... Acho que tinha a mesma idade, talvez mais, cinco ou seis anos. Mas o que agora me vem à mente, é o exemplo que estou sendo para você. Até ontem me preocupava em lhe ensinar valores, um pouco de moral e direita e esquerda. Agora tenho que pensar em comer mais beterraba e menos chocolate na sua frente.
Sabe Mariana, acho interessante como você me faz pensar na vida e nas escolhas que devo fazer mesmo sem perceber. Reinvento-me a cada dia só para tentar ser o suficiente para suas curiosidades e invencionices. Surpreendo-me ao redescobrir as cores, as nuances, as texturas junto com você. Apesar de todas as surpresas, das noites em claro velando teu sono, das preocupações que agora ocupam minha mente, eu só posso lhe garantir minha querida, que por tudo que há de eterno, por tudo que há de imensurável, de mais belo, de mais puro, por tudo o que me liga a você, eu lhe darei sempre, todo amor que houver em mim. Por tanto amor, tanto querer, se necessário for, me reinventarei quantas vezes você precisar que eu seja uma nova pessoa, um novo exemplo, uma nova mãe.
Até a próxima carta!
Com amor,
 Mamãe
______________________
continuação de"A espera de Mariana"
Texto fictício para a 32º Edição do Palavras Mil.
Imagem do 2Photo.

4 comentários:

  1. Muito linda e bem criativa tua carta e participação!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Ana
    Sim realmente hoje os papéis se invertem e até se unem num só palco. As esolhas e trocam é que nos ensinam a caminhar nesta vida.Maravilhoso texto.
    Boa Sorte!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. ai... lindo demais!
    adorei, tão delicado e cheio de sentimento que eu realmente pensei que tudo tinha acontecido de verdade. Você escreve com o coração e essa é sua arma! nunca perca isso! boa sorte!

    ResponderExcluir
  4. Lindo Ana, parabéns mais uma vez
    Eu tenho uma amiga que escreve muuuuuito.
    Você não tem.... rs.

    Luciana Gaby

    ResponderExcluir

 
Blog da Ana Santos Blog Design by Ipietoon