quinta-feira, 24 de junho de 2010

Eu preciso dizer....

 “Quando o tempo é curto, o que interessa é estar atento aos pequenos prazeres, como ouvir um sabiá que me acordou esta manhã e aproveitar com toda a intensidade a companhia das pessoas queridas.” Dráuzio Varella – livro Por um fio (relata casos de pacientes que lutam contra o câncer)
A  maioria de nós não luta contra um câncer, mas, por que esquece que o tempo TAMBÉM é curto e não valoriza as pessoas como realmente elas precisam ser valorizadas? Por que a gente deixa de dizer o que realmente sente, pensa, quer?  O que você faz pra mostrar o quanto alguém é importante ? 

Um comentário:

  1. Minha filha me diz que sou uma mãe chiclete, estou sempre grudadinha nela, cheirando, beijando, abraçando, dizendo que a amo. Com o pai é a mesma coisa, mesmo ele sendo mais seco que eu, toda hora que posso vou lá e faço um carinho! Não sei que hora a pilha vai acabar, ela não avisa, e até que me prove o contrário, eue só tenho essa vida aqui, então não vou desperdiçar a chance de dizer que eu os amo.

    Agora conta aí qual foi a ótima notícia! Fiquei curiosa...

    Amélia Mattoso

    ResponderExcluir