terça-feira, 29 de junho de 2010

Divagações

Como se não bastasse todos os puxões de orelha e lições que a vida já me deu,eu continuo com essa mania urgente de me ultrapassar. De não conter sentidos, sentimentos, gritos, lamentos...de não me conter! Essa coisa de procurar 'sarna pra se coçar',
De querer encontrar razões, de gastar a emoção, expressar, me arriscar, pagar pra ver. De não aceitar nada mediano, de me poupar de desistências e não economizar "porquês". De imaginar, acreditar, questionar, sonhar, idealizar, e de querer mais, muito, tudo, sempre e pra sempre.... E não me arrepender!
Eu não sei viver no cinza, artigo indefinido não me satisfaz, o talvez nunca me serviu, conforme for não me basta! Sei que corro muitos riscos sendo assim, mas também me economizo... me poupo de dores futuras. Sou capaz de esperar pelo tempo que for necessário, mas não hoje, não estou cabendo em mim ...

2 comentários:

  1. Realmente não dá para aceitar uma vida mediana, de água com açúcar.Irá doer quando algumas pessoas, algumas lembranças, algumas fantasias se retirarem depois dos questionamentos, mas garanto que valerá a pena, o pote de ouro estará no fim do arco-íris.

    Bj,

    Amélia Mattoso

    ResponderExcluir
  2. Amiga, quem te deu permissão para escrever sobre minha pessoinha??? kkkkk
    O SEGREDO É: SABER VIVER!!!

    Ameiiiiiiiiiiiii

    Bjs

    ResponderExcluir