domingo, 2 de maio de 2010

Quem nunca viveu uma crise existencial?


Ao som de Tédio

Houve um tempo em que minhas insônias eram produtivas, meus planos infalíveis, minhas ideias brilhantes, meus músculos mais firmes, e meus domingos não eram de crises existenciais.
Quando foi que me transformei nessa geleia de mocotó humana, ó Senhor?
Ainda bem que existe amanhã ...







Nenhum comentário:

Postar um comentário