sexta-feira, 23 de abril de 2010

Luto


Este post é um total desabafo...

Minha avó faleceu na quarta-feira de manhã e ontem foi o sepultamento. Nestas horas de dor mais intensa, o caráter e a dignidade das pessoas são mostrados de maneira que em outro momento não seriam revelados. Vi o caráter, ou melhor, a falta dele, de algumas pessoas e, a atitude delas me fez refletir sobre o que pensam sobre a vida, o que elas consideram importante e de valor. Detalhar o que aconteceu é o que eu mais quero, mas em respeito a dor da pessoa que mais amo nesta vida (minha mãe), eu não irei fazê-lo. O meu quase protesto por conta de uma “cambada” de filhos sem mãe. É, porque gente daquela laia não tem mãe, não tem pai, não tem Deus. Pautam suas atitudes pelo egoísmo e mesquinharia. Afff...

Tenho que deixar aqui registrado o carinho e o apoio que recebi. Mensagens pelo celular, ligações, e-mails... Tive o apoio de pessoas que estão ao meu lado diariamente, e também daquelas que estão a distancia. O carinho de uma pessoa muito querida e especial que chorou junto comigo e me apoiou mesmo de longe. A força e o abraço de quem entendeu minhas limitações. A amizade que se fez presente através de telefonemas constantes. “Suportar” a dor do outro, a ponto de fazer algo que realmente detesta (fico devendo esta, pastor!), enfim, eu me senti confortada para que então pudesse ser forte por quem necessita precisa do meu apoio agora. Parece pouco, mas tudo o que eu posso dizer é: O B R I G A D A!

Ps: Jamais irei esquecer do "beijo doce e abraço quebra osso", das rosquinhas, da hiperatividade da minha avó!  Agora ela descansa...

2 comentários:

  1. Ola amiga...

    Sinto muito pela sua avó, que o Senhor a tenha.
    Realmente é nessas horas que sabemos quem é quem, ja passei por isso anos atras....

    O Senhor está olhando pela sua familia.

    Sil Machado

    ResponderExcluir
  2. Ola!!!!!

    Obrigada por traduzir em palavras nossos sentimentos e .... tudo mais.

    Te amo
    Maninha!!!!!!!

    ResponderExcluir