sexta-feira, 26 de março de 2010

Caneta, papel e influência


"Que no dia de hoje, possamos escrever coisas boas no livro da nossa vida. A caneta e o papel estão em nossas mãos!!"



Não sabemos como será o nosso dia, quando levantamos da cama. Os problemas podem surgir ao batermos a porta de casa, ou mesmo antes de sairmos de casa. Mas cabe a nós, permitir ou não que os problemas escrevam o nosso dia.Decidi que não vou deixar os problemas escreverem a minha história. Tenho um Deus que abre mar, faz morto voltar a viver, acalma tempestade, etc. O que não poderá fazer pelo meu dia? Nada é impossível para Deus. Sigamos o exemplo de Paulo e Silas que mesmo na prisão louvavam ao Senhor. Com problemas ou não, o meu dia, a minha história, será muito, muito feliz.



*****


Tempo por hábito enviar e-mail desejando bom dia e na maioria das vezes, penso que não irá fazer grande diferença, que apenas um ou outro irá ler, mas quando eu escrevo, realmente estou desejando que o dia seja bom, que a pessoa que estiver lendo, sinta mais do que apenas palavras, sinta o carinho com que escrevi. Hoje, ao enviar o texto acima, eu achei que seria como sempre, quando a maioria nem responde, mas a 'agridoce' da Luciana, respondeu e ainda postou em seu blog (clique aqui pra ver). Quem escreve quer ser lido e fica feliz quando as pessoas se identificam com o que foi escrito. Além disso, amei ser chamada assim, são pouquíssimas pessoas que me chamam desta forma, aliás, começo a pensar que talvez seja a única que irá continuar a chamar, mas isso é assunto para uma outra história.

2 comentários:

  1. Agridoce, olha depois de amigos me chamarem de florzinha carnívora, agridoce parece ser legal.rsrsrs
    Afinal a base dessa receita é o vinhagre..
    Será por esse motivo que ela me chamou assim? kkkkkkkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Lú,

    Pra não correr o risco de você me mandar calar a boca, vou escrever e não cantar:

    "Você é especial, não existe outra igual,
    Deus criou você assim, diferente de mim..."
    kkkk

    E sim, agridoce é legal!

    ResponderExcluir