sábado, 8 de maio de 2010

Terapia de choque ou camisa de força?

Que eu não sou normal, todo mundo sabe, mas estou chegando num ponto preocupante. (Que ninguém conte aos médicos do Pinel, rs*)
Desde a semana passada tenho tido pesadelos recorrentes. Não assisti filme de terror, não fui dormir de
barriga cheia, não fiz careta pra criança. É um sonho curtinho, que eu não estou a fim de detalhar, mas termino sempre esquisita e mal vestida (roupinha de hospital não favorece ninguém, né?!) 

Afff... alguém me ensina como acordar no meio do pesadelo?!

4 comentários:

  1. Vc falou que não ira aparecer neste findi ...
    Vai dormir ... descansar ...
    Esse negócio de sonho recorrente me cansa ... sempre tenho o mesmo e tem anos isso ... já ate virei amiguinha do assassino ... kkk kkk kkk na ultima vez nem corri tanto ... kkk kkk kkk

    ResponderExcluir
  2. Pois é, eu não iria aparecer, mas na hora da guerra contra as forças do universo eu sou fraquinha, fraquinha.
    Fiquei sozinha em casa e ao invés de assaltar a geladeira e ver tevê, resolvi "conversar" com o blog. (Nem no msn tem gente pra falar comigo! Todo mundo com vida social. Até o mingau tem vida social mais ativa que a minha! kkkkkkk

    Ps: Mingau é o gatinho da minha mãe, resolveu fugir todo sábado. Tô achando que ele arrumou uma gatinha safadchinha, rs*)

    ResponderExcluir
  3. Affff to fora de sonho estranho, quinta-feira tive um pavoroso... ecaaaaaaaa.
    Ai depois ontem vi um recado da Rosinei no meu celular assim... Deus vai falar com vc a noite.
    Vixeeeeeeeeeeeeee, sera que era Ele me avisando de algo.... Credooooooooo, se for é feia a coisa...kkkkkkkkkkkk

    Sil

    ResponderExcluir
  4. Madame Rosinei???

    Só faltou dizer "trago a pessoa amada em 3 dias"
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir