terça-feira, 13 de outubro de 2009

Eu quero V-I-V-E-R!


Ao som de Tempos Modernos


"Acordei com um sentimento estranho.
Coração acelerado, um friozinho pelo corpo que não me deixa ficar parada nem por um instante e um sorriso que teima em se manter no meu rosto. Sinto que posso tudo o que eu quiser. E quero tanta coisa. Quero sair correndo por aí, sem rumo, sem direção.
Fechar os olhos, abrir os braços e sentir o vento tocar minha pele, bagunçar meus cabelos. Quero me atirar no chão, rolar pela grama, gargalhar como criança. Quero me trancar no quarto, apagar as luzes, colocar o som no volume máximo e dançar sem parar até não ter mais energias para ficar em pé.
Quero saber tudo sobre todos os assuntos, experimentar coisas novas, sentir o intocável, avistar o que ninguém vê. Quero colocar uma mochila nas costas e viajar pelo mundo sem ter data para voltar. Quero estar com a cabeça livre de preocupações, sem dever satisfação do que faço ou deixo de fazer. Quero ficar sozinha, dormir na rede por horas, divagar a respeito da vida. Quero bobear com as pessoas que amo, falar sem parar, não ter tempo pra pensar em nada.
Impossível explicar, mais difícil ainda entender. Hoje acordei com vontade de ser feliz. De seguir no rumo certo. De sentir que posso tudo. Tudo o que eu lutar para conquistar. E mais do que isso: despertei com ânsia de viver e perceber que a felicidade não é um destino e sim o nosso caminho de todos os dias!"
Autor desconhecido - Sentimento mais que entendido!!

Um comentário:

  1. afinal...que são os nossos desejos a não ser o combustível para as nossas realizações.bjs

    ResponderExcluir